Histórico

Em maio de 2011, o BTG Pactual adquiriu a totalidade das ações do PAN de titularidade do Grupo Sílvio Santos, passando a compartilhar o controle do PAN com a Caixapar, por meio do Acordo de Acionistas da Companhia.

Também em 2011, foram firmados os primeiros Acordos de Cooperação Operacional e Comercial, visando reiterar o compromisso de parceria estratégica entre os acionistas controladores e a Companhia, bem como a complementaridade e alinhamento de interesses entre as três instituições. Dentre as medidas previstas, com influência direta sobre a estrutura de capital e de liquidez do PAN, destacam-se: (i) o comprometimento da Caixa em adquirir créditos do PAN sem coobrigação, sempre que este desejar cedê-los; e (ii) o reforço de liquidez, por meio de acordo de depósitos interfinanceiros ou operações similares, realizado com ambos os controladores. Estas são operações de longo prazo, com previsão de atualização e que conferem ao Banco alternativas de funding com custo competitivo.

O redirecionamento estratégico em todas as linhas de negócios da Companhia, teve como objetivo reestruturar, ampliar e diversificar seus negócios, tanto para fins de melhorias internas quanto para incorporação de novas equipes e plataformas.

Tal estratégia, já consolidada, englobou a renovação e qualificação da equipe, o fortalecimento da Governança Corporativa, a revisão dos processos de concessão de crédito, a implementação de sistemas e controles, além da mudança da Marca Corporativa e da Razão Social da Companhia, que passou a se chamar Banco PAN S.A. (Ticker da ação PN: BPAN4), e a definição deste segmentos de atuação: (i) crédito consignado; (ii) financiamento de veículos; (iii) cartões de crédito (vi) cartões de crédito consignado; (v) consórcio e (vi) seguros.

Com a finalidade de estabelecer a estrutura e reforçar o capital do PAN para desenvolver sua estratégia de crescimento, foram realizados dois aumentos de capital em 2012 e 2014, nos valores de R$ 1,8 bilhão e R$ 1,3 bilhão, respectivamente.

Em dezembro de 2014, a Companhia vendeu suas participações societárias nas empresas PAN Seguros S.A. ("PAN Seguros") e Panamericano Administração e Corretagem de Seguros e Previdência Privada Ltda ("PAN Corretora"). O PAN permaneceu com contrato para distribuição de seguros, recebendo uma receita por este serviço.


Última Atualização em 28 de Agosto de 2017

Voltar Topo