Notícias

Fato Relevante

São Paulo, 01 de dezembro de 2009 – O Banco PanAmericano S.A. (BOVESPA: “BPNM4”), um dos principais bancos brasileiros focados no financiamento ao consumo para pessoas físicas, em atendimento à Instrução CVM nº 358, de 03 de janeiro de 2002, e em complemento ao Fato Relevante de 26 de novembro de 2009, o Banco Panamericano S.A. (BPNM4) ("Banco PanAmericano") comunica aos seus acionistas e aos investidores em geral que seu acionista controlador, Silvio Santos Participações Ltda., celebrou, nesta data, contrato de compra e venda de ações com a CAIXA PARTICIPAÇÕES S.A. - CAIXAPAR ("Caixapar"), subsidiária da Caixa Econômica Federal, pelo qual a Caixapar passará a deter participação equivalente a aproximadamente 49% (quarenta e nove por cento) do capital social votante e 20% (vinte por cento) do capital não votante do Banco PanAmericano, resultando em uma participação total de aproximadamente 35% (trinta e cinco por cento) do capital social.

A operação será realizada por meio da aquisição, pela Caixapar, de 64.621.700 (sessenta e quatro milhões, seiscentos e vinte e um mil e setecentas) ações ordinárias e 24.712.286 (vinte e quatro milhões, setecentos e doze mil, duzentas e oitenta e seis) ações preferenciais de emissão do Banco PanAmericano e de propriedade de Silvio Santos Participações Ltda., pelo preço de R$ 8,27 (oito reais e vinte e sete centavos) por ação, perfazendo o valor total de R$ 739.272.055,73 (setecentos e trinta e nove milhões, duzentos e setenta e dois mil, cinquenta e cinco reais e setenta e três centavos).

A operação também envolve a assinatura de um Acordo de Acionistas entre Caixapar e o Grupo Silvio Santos para regular os direitos das partes na qualidade de acionistas do Banco PanAmericano, o qual confere à Caixapar o direito de indicar igual número de membros para o Conselho de Administração do Banco PanAmericano. Será celebrado, ainda, um Acordo Operacional entre a Caixa e o Banco PanAmericano, para regular a distribuição de produtos e serviços financeiros das partes, utilizando-se de seus respectivos canais de distribuição.

Esta parceria une estrategicamente duas instituições que atuam com um público semelhante, o de baixa renda, criando importantes sinergias na distribuição de serviços e produtos financeiros.

Para mais informações, clique aqui.


Última Atualização em 1 de Dezembro de 2009

Voltar Topo