Notícias

FATO RELEVANTE
Pedido de Registro de OPA pelo BTG Pactual

São Paulo, 17 de junho de 2011 - Banco Panamericano S.A. (BPNM4) (“Companhia”), em cumprimento ao disposto na Instrução CVM nº 358/02 e em seguimento ao Fato Relevante de 27 de maio de 2011, vem a público informar que o Banco BTG Pactual S.A. (“BTG Pactual”) apresentou à Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”), nesta data, pedido de registro de oferta pública de aquisição de ações preferenciais de emissão da Companhia (“OPA”), nos termos do Estatuto Social da Companhia e da Instrução CVM nº 361/02.

A OPA é destinada à aquisição de até a totalidade das ações preferenciais em circulação de emissão da Companhia, excetuadas aquelas de titularidade direta ou indireta do BTG Pactual e da Caixa Participações S.A. - CAIXAPAR, pessoas a eles vinculadas e administradores da Companhia, correspondentes, nesta data, a 63.038.340 ações preferenciais, representativas de 56,05% das ações preferenciais da Companhia (“Ações”).

O preço a ser ofertado aos acionistas minoritários é o mesmo preço pactuado no contrato de compra e venda de ações e outras avenças (“Contrato de Compra e Venda”), celebrado em 31 de janeiro de 2011 entre as partes BTG Pactual, Silvio Santos Participações S.A., BF Utilidades Domésticas Ltda., Fundo Garantidor de Crédito - FGC, Senor Abravanel e Henrique Abravanel, equivalente ao menor dos seguintes valores (“Preço de Aquisição”): (1) R$ 4,89 por ação, ajustado pela taxa equivalente a 110% da variação da taxa CDI, calculada pro rata temporis desde 27 de maio de 2011, data da conclusão da aquisição de ações da Companhia pelo BTG Pactual, até a data do seu efetivo pagamento, o qual poderá ocorrer a qualquer tempo, a critério único e exclusivo do BTG Pactual, até 31 de julho de 2028; ou (2) R$ 41,32 por ação, pago e exigível somente no dia 31 de julho de 2028, não sofrendo qualquer correção, remuneração ou atualização até tal data.

Adicionalmente, o BTG Pactual, voluntariamente e de forma a dar uma alternativa para os acionistas da Companhia que não tiverem interesse em receber o Preço de Aquisição conforme indicado acima, oferece, por mera liberalidade, o valor certo e fixo de R$ 4,89 (quatro reais e oitenta e nove centavos) por Ação, ajustado por 110% da variação da taxa CDI, calculada pro rata temporis desde 27 de maio de 2011 até a data de liquidação financeira do Leilão, pago à vista na data de liquidação financeira do Leilão aos acionistas que aceitarem essa opção, em moeda corrente nacional.

A Companhia e o BTG Pactual manterão os demais acionistas da Companhia e o mercado em geral informados a respeito de quaisquer eventos relevantes relacionados à OPA.

Willy Otto Jordan Neto
Diretor de Relações com Investidores

Para acessar o documento em PDF, clique aqui.


Última Atualização em 17 de Junho de 2011

Voltar Topo